ok
         
 
VOCABULÁRIO
 
ARQUIVO
 
Fadon: fundamentos e referências
30.05.2008 por admin

A base de pesquisa do projeto LAPIS/X é o tecido das obras anteriores, as quais tem como denominador comum à conjunção experimentação e expressão. Esquematicamente são condensados seus fundamentos e dadas algumas referências.

Imagem fotográfica: ascensão das estruturas visuais
A atividade em fotografia funda-se na sua adoção como sistema de conhecimento e na condição própria de sua imagem, mescla de documento e ficção da realidade. Seu desenvolvimento decorre da ponte pensamento e estrutura visuais, elemento fundador da imagem, e da metodologia do ensaio visual. Generalizando-se o conceito de estrutura visual, indo do filme como imagem aos conjuntos articulados de imagens, antecâmera das seqüências audiovisuais.

Imagem eletrônica: metamorfoses do imaginário
Movido pela expansão dos modos de pensar imagem e representação, a iniciação nos ‘novos meios’ deu-se com a imagem eletrônica, envolvendo a televisão e especialmente a infografia. A natureza algorítmica e da plasticidade da matriz eletrônica vem norteando a exploração dos sistemas de construção de imagens. Compreendendo, nesse contexto, desde a recriação de ideários de outras visualidades como fotografia e pintura, até a contradição de modelos funcionais e operacionais associados a aqueles sistemas.

Interatividade: renovação de valores culturais
A questão da interatividade, mediada pela informática e telemática, está na raiz de projetos configurados como um processo. Abarcando novos paradigmas de obra, autoria, público e museu, eles vem sendo conduzidos em duas frentes: numa prevalece a interação pessoal e inter-pessoal, presente nos trabalhos em multimídia e telecomunicações respectivamente; noutra desenvolve a colaboração homem-máquina, instaurada com a participação do computador na geração de imagens digitais.

Visão de mundo: diretriz causalidade - acausalidade
Em retrospectiva, a trajetória das obras desvela o contínuo diálogo entre intenção (prospecção, método) e aceitação (intuição, acaso), a combinação entre relacional e conjuntural. A busca da iteração entre as ordens do real e do imaginário como substrato do continuum criação-produção. A elaboração das poéticas como uma fusão entre fatores determinísticos e coincidências significativas – uma aventura nas dobras do tempo.

 
 
CATEGORIAS
LINKS