ok
         
 
VOCABULÁRIO
 
ARQUIVO
 
espaços de criação

O artista, interagindo com as redes culturais, está inserido em seu espaço geográfico e social, com restrições e possibilidade de deslocamentos. Os escritórios, ateliês, salas de ensaio ou estúdios são espaços da ação do artista, que abrigam trabalho físico e mental e guardam um potencial de criação, à medida que oferece possibilidade de armazenamento de objetos, livros, CDS, DVDS, instrumentos etc. Considerando-se este espaço para além dos limites físicos, envolve a memória e o imaginário do artista, assim como seu corpo gravado com toda sua história e suas buscas. Este espaço indicia os gestos do artista, torna-se guardião da coleta cultural e resguarda o tempo de operação poética ao longo do qual os objetos artísticos tomam forma. Os “escritórios” transformam-se, ao longo do tempo, de acordo com o desejo e a necessidade do artista. O tempo da criação, no entanto, vai além deste espaço físico, pois o artista o leva consigo em suas caminhadas, visitas a museus etc., com o auxílio de cadernos de anotações, máquina fotográfica, filmadoras etc.

 
 
CATEGORIAS
LINKS