ok
         
 
VOCABULÁRIO
 
ARQUIVO
 
Processo de criação da identidade visual da 29a Bienal de São Paulo
17.06.2010 por admin

Convidado para desenvolver a identidade visual da 29a Bienal de São Paulo, o designer gráfico André Stolarski editou em formato videográfico uma narrativa de percurso de criação utilizando desenhos, croquis, referências visuais e propostas de outros eventos expográficos para demonstrar como ocorreu a construção de um imaginário, que colaborasse com a tradução visual do tema da mostra.

Um dos pontos principais para a definição do projeto visual concentra-se no trecho do poema de Jorge de Lima: “Há sempre um copo de mar para um homem navegar”. André explica que foram afastados partidos visuais que utilizassem identidades ligadas aos números da edição da Bienal, abstrações gráfica e obras de artistas, como ícones.

“O caminho visual da 29a Bienal de São Paulo é autônomo”, explica Stolarski, e tem o mar como uma de suas mais fortes referências.

 
 
CATEGORIAS
LINKS